in

Depressão, nos homens, é diferente

Os sintomas – e ajuda – são diferentes de como as mulheres experimentam.

Quem nunca ouviu uma história de um amigo que parou de responder as mensagens no Whatsapp, não retorna as ligações ou parece que vive irritado e nervoso nos encontros. Ele se queixa de insônia, de falta de energia e falta de motivação.

Questionamos como ele está e o que tem feito e ele responde: “Tá f***” “Eu to bem desanimado.”

Fato: seu amigo (ou você) está deprimido.

As estatísticas mostram que os homens ficam deprimidos com muito menos frequência do que as mulheres. A OMS divulgou, números de 2015,  revelando que há mais de 100 milhões de homens afetados por esse mal.

Mas especialistas temem que estes números não contam toda a história. Os homens são muito menos propensos do que as mulheres a relatarem ou a procurarem tratamento para a depressão.

depression

Psiquiatras e profissionais de saúde diagnosticam desordem depressiva maior, através da identificação de cinco ou mais dos seguintes sintomas presentes durante duas semanas:

  • Humor deprimido a maior parte do dia;
  • Irritabilidade;
  • Diminuição do interesse ou prazer na maioria das atividades;
  • Mudança significativa no peso ou apetite;
  • Alteração no sono;
  • Mudanças na atividades psicomotoras, como qualquer agitação ou lentidão, fadiga ou perda de energia;
  • Sentimentos de culpa ou inutilidade;
  • Variações na concentração e pensamentos recorrentes de morte.

As mulheres geralmente internalizam a depressão, se revelando principalmente nos sintomas emocionais como sentimentos de inutilidade ou culpa. Homens, ao contrário, exteriorizão. Geralmente não vemos homens chorando ou dizendo que estão se sentindo tristes. Sentem-se dormentes e se queixam de insônia, stress ou perda de energia. Muitas vezes, os sintomas se manifestam como irritação e raiva.

hulkangry

Alguns homens não estão em contato com seus sentimentos e o maior problema é que nós não fomos condicionados a falar sobre eles. “Há esse senso que devemos estar no controle de nossas emoções e que se sentir deprimido é um sinal de fraqueza.”, diz Jeffrey Borenstein, psiquiatra e presidente da Brain and Behavior Research Foundation, em Nova York. Dos homens é esperado que lidem com os problemas por conta própria.

Essa sensação de fraqueza pode fazer a depressão pior para os homens.

“Para as mulheres, a depressão é um sinal para a obtenção de ajuda, de que algo precisa ser tratado de uma maneira fundamental.”

“Para os homens, é um sinal de que são um fracasso e estão se submetendo à derrota.”

Essa sensação de derrota é a razão que homens deprimidos normalmente se retiram e se isolam.

E isso pode causar estragos em relacionamentos com os entes queridos, especialmente cônjuges que podem se sentir magoados e rejeitados. Pesquisas mostram que os problemas conjugais podem causar depressão tanto em homens e mulheres. Mas um estudo clássico, publicado em 1997 na revista Psychological Science, mostrou que, enquanto para as mulheres os problemas conjugais muitas vezes vêm em primeiro lugar, para os homens a depressão vem em primeiro lugar e, em seguida, produz problemas conjugais.

“A resposta do sexo masculino para a depressão é a empurrar para longe, o que pode levar sua cônjuge se sentir impotente e sozinha”, diz Wendy Troxel – psicólogo e cientista comportamental.

batmanalone

Como você pode ajudar um homem que está sofrendo de depressão?

Normalize a situação.

Insista que isso não é culpa dele e que ele não está sozinho.

Grandes homens sofreram de depressão, incluindo Abraham Lincoln, Winston Churchill, Buzz Aldrin e Bruce Springsteen.

Se você já sofreu de depressão abra sobre sua luta. Explique que a depressão é tratável e que é importante obter ajuda, tal como faria com qualquer outra doença.

Fale com cuidado.

Não seja crítico. Ele já está abatido emocionalmente. E não expresse preocupação ou temor, isso pode sugerir que você acha que ele não pode lidar com a situação por conta própria.

“Be sensitive to the way his depression feels profoundly humiliating to him,”

“Seja sensível à maneira como a depressão gera humilhação para ele”, diz Joshua Coleman – psicólogo e membro do Conselho de Famílias Contemporâneas em Austin.

Terapeutas dizem que a palavra “nós” pode ser muito poderosa: “Estamos juntos nessa.” “Nós vamos encontrar a solução”.

Evite a palavra “D”.

A pesquisa mostra que os homens podem ficar na defensiva a respeito da palavra depressão.

Ele mencionou que está enfrentando insônia? Sem energia? Encoraje-o a procurar ajuda para o sintomas que ele está descrevendo. Buscar um médico para cuidados primários já é um bom começo.

Pergunte sobre suicídio.

A probabilidade dos homens tentarem suicídio são cerca de quatro vezes maiores que as das mulheres, embora as mulheres tentem o suicídio mais frequentemente. Eles usam os meios mais letais.

Não se acanhe em perguntar se um homem tem pensamentos de morte.

Sugira terapia que incide sobre mudanças de comportamento.

Muitos homens não querem falar. E acreditam que um terapeuta vai dizer-lhes o que eles já acreditam.

Existem vários tipos de terapias que tem se mostrados sucesso contra a depressão e que o foco é em mudar o comportamento. Estas técnicas incluem terapia cognitiva comportamental,  que ajuda as pessoas a mudarem a forma de pensar, e comportamental de ativação,  que ajuda a tornar-se mais envolvido em sua vida no dia-a-dia.

Encoraje-o a fazer o que ele faz bem.

Atividades que um homem se destaca pode produzir uma sensação de domínio e satisfação. Se são atividades físicas, vão produzir endorfinas. Se são atividades sociais, vão dar-lhe um impulso do hormônio de sentir-se bem, a oxitocina.

Os homens também tipicamente ganham um sentimento de realização ao conseguir realizar suas tarefas. Mas a depressão pode fazer mesmo uma tarefa simples sentir esmagadora, dr. Toxel recomenda dividir projetos em pedaços menores para torná-los mais viáveis e promover uma sensação imediata de realização.

Não desista.

Seja persistente, mesmo se ele tentando te afastar.

 

Artigo adaptado do original: The Wall Street Journal.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Diego Mendes

Written by Diego Mendes

Um pensador, desenvolvedor de sistemas de 35 anos que ama camelos e que tem buscado fazer a melhor jornada nessa vida.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Batman 77 anos!

Sobre reforma do ensino – um ode às humanidades e às artes