in

O Dia Mundial Nacional do Rock!

Apesar de estar mal das pernas atualmente, o Rock ainda tem o seu dia: 13 de julho. Sim, nesse dia é comemorado o dia mundial do Rock! Mas será que ele é comemorado mundialmente mesmo?

É… olha… não.

A escolha da data se deve a um evento que aconteceu em 1985, o Live Aid. Bob Geldof, talvez mais conhecido pela sua participação no filme The Wall (versão cinematográfica do famoso álbum do Pink Floyd) do que pela sua carreira musical, organizou um show para arrecadar fundos em prol das vítimas da fome na Etiópia.

Tudo começou em outubro de 1984, após Bob assistir um documentário na BBC sobre a fome na Etiópia. Comovido pela situação, seu primeiro passo foi escrever um single chamado Do They Know It`s Christmas? ao lado de Midge Ure, da banda Ultravox. Bob e Midge se reuniram com alguns artistas e gravaram o single, e o resultado foi surpreendente. A música ficou por semanas no topo das listas de maior sucesso do Reino Unido, e a expectativa de arrecadar alguns milhares de libras foi superada em milhões.

No início do ano seguinte, Michael Jackson e Lionel Ritchie encabeçaram um projeto parecido, escrevendo outro single e reunindo 45 artistas de renome – entre eles o próprio Bob Geldof – para gravar We are the World. O single foi um sucesso estrondoso e vendeu mais de 20 milhões de cópias ao redor do mundo.

Com toda essa repercussão, Geldof e Ure dessa vez organizaram um concerto para dar continuidade ao projeto. Então, no dia 13 de julho de 1985 aconteceu o Live Aid. O show aconteceu simultaneamente em diversos lugares do mundo, sendo que os dois maiores foram no estádio de Wembley, em Londres (Inglaterra) e no JFK Stadium na Filadélfia (EUA).

live_aid85
Vendo todos os nomes assim da pra sentir que o negócio foi fino!

Diversas bandas e artistas como Queen, U2, Sting, Phil Collins, Eric Clapton, David Bowie, Elton John, Paul McCartney, Led Zeppelin, entre outros, subiram ao palco. Em Wembley, o concerto foi encerrado ao som de Do They Know It`s Christmas enquanto que na Filadéfia foi ao som de We are the World. Live Aid foi um sucesso mundial. Estima-se que o evento tenha sido acompanhado por quase 2 bilhões de pessoas e tenha arrecadado algo em torno de 150 milhões de dinheiros.

iarnuou
Iarnuou… Iarnuchildren…

Reza a lenda que a sugestão de que esse dia se tornasse o dia do Rock foi de Phil Collins, o único artista que na ocasião, aproveitando o fuso horário, conseguiu se apresentar tanto na Inglaterra quanto nos EUA. Esforçado o rapaz.

Ainda que praticamente ninguém tenha ligado muito para a sugestão, no Brasil duas rádios paulistanas (que um dia foram) dedicadas ao rock anunciaram a comemoração da data e os ouvintes aceitaram. Hoje a data é lembrada e comemorada em praticamente todo o território nacional.

sting-and-phil-collins
Phil Collins com um visual que está além das minhas capacidades de descrição.

Esperamos que num futuro não tão distante o rock tome fôlego e volte a agitar a vida das pessoas e o cenário musical miserável que temos hoje. Longa vida ao Rock!

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Written by Chico Milk

Chico Milk nasceu em Guarapuava City Paradise. Um dos quatro seres viventes. Guitarrista low profile, amante de dias frios, chuvosos e cinzentos, bebedor nato de café com leite, leitor de livros e quadrinhos.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

4 coisas do Brasil que passei a valorizar muito mais, depois de morar fora.

O Fator Big Mac