in

Para desfrutar mais de uma experiência, pague antecipadamente

Dinheiro não traz felicidade, mas a forma com que você o gasta pode afetar sua satisfação. Além disso, como você paga tem um impacto sobre sua felicidade também. Para tirar o máximo proveito de algo que você está pagando, pague com antecedência.

Você provavelmente já sabe que existe uma ligação entre os gastos e a felicidade. Algumas compras podem nos fazer mais felizes do que outras e se você quiser obter o máximo de seu dinheiro, faz sentido você gastar com as coisas que lhe trazem a maior alegria. Mas não é apenas o que nós compramos que afeta nossa felicidade, é também como nós compramos isso. Dinheiro não traz felicidade, mas como você o gasta pode afetar sua satisfação. Além disso, como você paga tem um impacto sobre sua felicidade também.

Para combater gastos excessivos, muitos especialistas em finanças pessoais recomendam pagar por coisas com dinheiro. O consumo é mais direto com dinheiro; você sente mais. E de acordo com uma pesquisa do MIT, isso funciona! Pesquisadores descobriram que os indivíduos estavam dispostos a gastar o dobro em algo quando pago com cartão de crédito em relação ao pagamento com dinheiro. Outros pesquisadores chamam esse fenômeno de acoplamento: o grau em que o pagamento está ligado ao consumo. Cartões de crédito enfraquecem o acoplamento, enquanto dinheiro aumenta.

O psicólogo Hal E. Hershfield traz um ponto interessante sobre este fenômeno. O outro lado do acoplamento é que também somos menos propensos a desfrutar de nossa compra quando estamos intimamente ligados a ela. É mais doloroso. A consciência de deixar R$450 em dinheiro para um hotel pode tirar a diversão de viajar, por exemplo. Assim Hershfield oferece uma solução:

Se você quiser obter mais prazer no que você consome (pense nas férias que você tem esperado), caso você esteja preocupado com o custo sugerimos você pagar a experiência com antecedência. Se o fizer, você vai desacoplar a dor de pagar do consumo da experiência. Prelec e Loewenstein, de fato, menciona um conceito conhecido como contabilidade prospectiva, em que consumir algo que já foi pago pode ser apreciado como se fosse livre de pagamento.

 

ferias-docentes

Voltando ao exemplo do hotel, isso significaria pagar semanas com antecedência. Você está dissociando do ato de pagar, e assim poderá desfrutar de sua viagem muito mais.

No geral, é sobre como equilibrar a dor de pagar com o perigo de gastar demais. Se o seu objetivo é gastar menos, talvez seja necessário apertar seu acoplamento. Mas se você quiser desfrutar plenamente a experiência que você está pagando, você pode considerar o pagamento com antecedência para enfraquecer o acoplamento.

De qualquer maneira, tenha certeza que você gastando seu dinheiro com responsabilidade.

 

Artigo traduzido e adaptado do Psychology Today.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Diego Mendes

Written by Diego Mendes

Um pensador, curador de conteúdo, desenvolvedor de sistemas de 36 anos que ama camelos e que tem buscado fazer a melhor jornada nessa vida. Sim, curador de conteúdo, parte do que escrevo são traduções de grandes artigos escritos em inglês ou espanhol.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

10 Habilidades Difíceis de Aprender Mas Que Valem o Esforço

10 Habilidades Difíceis de Aprender Mas Que Valem o Esforço – PARTE 2