in ,

Star Wars Catalyst: a rogue one novel

 

 

Lançado como um prequel do filme “Rogue One”, traçando assim alguns antecedentes de importantes personagens que estarão no filme que estréia neste mês, Catalyst traz o avanço das pesquisas de Galen Erson com os cristais kyber, os mesmos utilizados pelos Jedis para energizar seus sabres. Galen pretende, com ajuda de financiamentos, criar uma forma de produção de energia sem precedentes. Entretanto, alguns indivíduos têm outros usos para suas descobertas.

Assim, acompanhamos os desdobramentos que levarão à produção da Estrela da Morte, uma arma de destruição em massa.

Galen, um pacifista, quando descobre os destinos militares de suas descobertas, começa a temer por sua pesquisa e pelo bem de sua família: sua esposa Lyra e sua filha Jyn, a protagonista do filme “Rogue One”.

Onde este livro se encaixa na extensa cronologia do universo Star Wars?

star-wars

Catalyst se insere entre o Episódio III e o IV, mostrando o desenvolvimento de personagens que são importantes na série.

Abaixo o esquema da Estrela da morte que assim como é descrito no livro.

star-wars2

A história é boa, sem muita ação (a trilogia Thrawn, pelas resenhas que li, tem muito mais ação), tratando muito mais de questões éticas e técnicas da produção da super arma. Indicado para quem quer se aprofundar um pouco mais no universo de Star Wars e entender alguns de seus elementos, tais como a origem e possibilidades dos cristais kyber e também a origem da Estrela da Morte. Mas o mais interessante são as discussões morais em torno de ciência e guerra. Um cientista deve se envolver em questões militares ou deve permanecer neutro?

A busca de Galen por desenvolver uma produção de energia mais efetiva encontra óbvias semelhanças com o projeto Manhattan e a criação da bomba atômica, que também gerou inúmeros questionamentos.

Interessante também é como o tema de ciência e magia, que aparecem em todo o universo Star Wars, também estão presentes neste livro. Por exemplo, os jedis utilizavam os cristais kyber de maneira mais “mágica”, enquanto que Galen pretendia compreender a natureza dos cristais e utilizá-los cientificamente. A intensão tanto da magia dos jedis quanto da ciência de Galen era o mesmo: ter controle da natureza e usar isso para o bem maior. Mas mesmo estas intenções podem ser distorcidas pelo lado negro da Força…

Enfim, nada espetacular, mas para fãs e curiosos vale gastar algumas horas…

Ps: Também sairá, junto com o filme, a novelização de Rogue One: a Star War Story.

Rogue One: A Star Wars Story by [Freed, Alexander]

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Written by Adriano Borges

Historiador, professor na UTFPR, casado com a mosaicista Mabel e pai de dois filhos.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

Leituras de Outubro

Minhas dicas para ler mais!